O que é um choro?

20 agosto 2013


O que é um choro? São apenas lágrimas soltas? Ou são rios derramados em um travesseiro? O choro é a notícia mais comentada do momento? Ou é nosso maior segredo?
Pra que serve um choro? Ele alivia o peso que nossas emoções têm sobre nós? Ou só cria mais problemas? Ele é o pai de um conselho amigo? Ou é o avô de piadinhas infames?
O choro, é supervalorizado por uns. É super-odiado por outros. É compartilhado com a amiga de uma, dividido com a mãe de outra. Ou com o travesseiro de um outro alguém.
Quem o valoriza, ainda não se arrependeu. Talvez não tenha tido suas lamúrias como alvo de pilhérias. Considera os conselhos um valioso presente, mal ela sabe que, são apenas palavras cuspidas aleatoriamente,  motivadas pela necessidade de nutrir a própria curiosidade. Incentivadas pela hipocrisia, consequência do costume de parecer "uma pessoa de bem".
Quem o odeia, já tem seu rancor. Já guardou suas decepções no cofre do trauma. Prende as lágrimas, segurança máxima. Caso fujam, serão a causa da propagação dos problemas. Nem todos consideram problemas, alguns, confundem com piadas. E dão risada, agindo como se não tivessem problemas para se resolver, e uma vida própria para cuidar. Quem o odeia, já levara as chicoteadas da realidade: o choro pode seduzir a incompreensão alheia, ou conquistar a falsidade. Pode tornar-se um "extra extra" de seus problemas, e fazendo com que isso se torne um deles.
O choro, quando apresentado às sombras da solidão, não tem prós e nem contras. O resultado dessas lágrimas secretas, é nada mais e nada menos do que um nada. Nada muda. O peso é aliviado por um curto intervalo de tempo, até que chegue novamente ao pranto desolado. E tudo o que você terá depois dele, serão seus problemas ainda não-resolvidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!