O tempo também sente

23 dezembro 2013


Encontrado em: http://lookaroundand-smile.tumblr.com/post/27132081410/nao-existe-nada-de-completamente-errado-no-mundo

Oi, eu sou o tempo. Tudo bem com você? Espero que você ao menos esteja bem, pois confesso que eu não estou. E que algo em você anda me chateando.... não só em você, mas na grande maioria das pessoas. Todas elas, aqui e no mundo. Podemos conversar um pouco sobre isso? Obrigado... espero que compreenda, pois nem todos são capazes de entender minhas ações.
As pessoas andam cobrando muito de mim, exigindo o fim de seus problemas, o final de suas dores, o encerramento das crises. Não posso fazer isso, pensar e resolver problemas definitivamente não é o meu trabalho. Não sou remédio, eu não prestaria nem pra um reles calmante, quanto mais um anti-depressivo. 
Uns dizem que passo rápido demais, outros dizem que passo devagar demais. Nunca estão satisfeitos, nunca sou o suficiente. Tudo o que eu faço é caminhar, é minha única obrigação, e eu nunca deixei de cumprí-la com eficiência.
O que acontece é que a grande maioria nunca soube aproveitar meus serviços. Se quer a solução para seus problemas, ótimo, vá em frente, mas não conte comigo. Quando se tem um problema, o certo a fazer é pensar, refletir, e dependendo do caso, procurar ajuda médica. Mas nunca espere que eu resolva isso, pois você irá se distrair, eu vou passar por inúmeras cenas, inúmeros lugares, e seu problema ainda estará lá, escondido, pronto para te pegar se surpresa onde quer que você esteja. 
Não ache que eu sou a razão do esquecimento ou da superação, você o fez sozinho, apenas não percebeu isso. Seguir em frente sem carregar o peso que ficou para trás é difícil às vezes, mas é possível, é necessário. É essencial. Sorrisos fazem bem, ainda mais quando se é feito entre pessoas que amamos. Mas não pense que refletir causa a dor, a reflexão pode trazer a solução quando se é feita com calma. Quando não se está em pânico. 
Madrugadas, manhãs, tardes e noites. Dias, manhãs, meses e anos. Horas, minutos, segundos e milésimos. Míseros apelidos que o ser humano criou para me descrever, pode-se dizer que com certa eficiência, mas não muita utilidade. Às vezes eu uso as redes sociais, tem um tal de Facebook... vi uma frase que dizia "que dezembro traga oportunidades". Não sou eu quem faço isso, você é que deve correr atrás e criar as próprias oportunidades. Não espere nada do destino, ele é meu amigo, mas é bem cruel às vezes. Algumas coisas devem ser feitas pelas mãos de vocês, seres humanos. 
Se quer um conselho, não faça expectativas anuais. Façam logo metas, e agarre-se a elas, organize, planeje. Um dia você chega lá. Mas não coloque nada em minhas mãos, eu sou desastrado, posso deixar cair. 
Mais um conselho, lembra que eu disse que meu trabalho é caminhar? Então... não perca tempo observando as pegadas que deixei. Se for necessário corrigir algo que você fez durante algumas delas, tudo bem, mas faça-o com cautela. Preserve quem é você de verdade. E não fique imaginando as caminhadas que deixarei se não for planejar nada para ser feito enquanto eu o fizer. Sonhar é sempre bom, mas realizar é ainda melhor. 
Fora isso, esqueci de dizer uma coisa, saiba que estou sempre caminhando com você, e que meu sobrenome é agora. Sem passado, nada de amanhã. Se quiser, chame-me de agora, pois ele nunca termina. O passado deve ser sempre passado, e o amanhã deve ser esquecido sempre que possível, afinal, ele nunca chega.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!