A paz tá na amizade

18 janeiro 2014


Encontrada em: http://endorfinatami.tumblr.com/post/7020200251
"Tô indo pra aí". Dizia sua melhor amiga em uma SMS. Tem coisa melhor do que ver os amigos? Para Maria, não importa o lugar, não importa a hora, sempre é bom sorrir por qualquer motivo, e rir por qualquer besteira. Não encarava como babaquice ou infantilidade, e sim, como senso de humor e leveza. Não há paz melhor do que aquela encontrada na companhia de uma amizade pura e verdadeira.
Dez minutinhos. É o tempo que levou para Sofia chegar na casa de Maria, a alegria era tanta, parecia que não se viam há seculos. Elas são assim mesmo, gostam de curtir cada momento como se fosse a primeira vez, e de viver cada dia como se fosse o último de suas vidas. Sorrir ao máximo, engolir as lágrimas e jogar fora as más lembranças. Nada de baixo astral.
"Vamos dar uma volta?".
"Claro, por que não?"
Duas amigas em uma avenida parcialmente movimentada? Isso só pode dar em confusão, mas não tem problema, a reputação só é importante até certo ponto. Rir não é crime, e para elas, é profissão..
Foram até um mercado para satisfazer o desejo que Maria tinha agora por chocolate e um refri de latinha, pediram um canudinho. Só tinha mais um? É... até que Maria não é tão azarada assim. 
Foram até um lugar de seu bairro, conhecido por todos como palquinho, e sentaram-se no meio fio da calçada, para dividir a barra de chocolate e o refri. Foram observadas por pessoas que achavam muito estranho se deparar com duas garotas fazendo um lanche na rua. Elas estão comendo chocolate e tomando refri? Não são desse planeta. 
Conversaram sobre ex namorados, sobre momentos engraçados, sobre dietas absurdas. Conversaram sobre problemas do passado e ao alívio de ter acabado. Conversaram sobre as pessoas que não gostavam, e sobre as novidades que não acabavam mais. 
O caminho não precisava de um fim, momentos como esse também não. A paz dominava o espírito de ambas, e o sorriso fazia parte do corpo. Pois quando andavam juntas, nada mais importava a não ser a alegria delas. É tão bom ter amigos de verdade... É tão bom sorrir de vez em quando... É tão bom dar uma crise de riso na rua, apesar de vergonhoso... 
Para o dia seguinte? O mesmo plano: caminhar no final da tarde. Elas tem risadas para dar, e novidades para comentar. E a alegria é um bem que jamais pode ser cancelado. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!