Espelho da Ilusão

30 janeiro 2014



Querido diário, em primeiro lugar, meu nome é Patrícia e eu tenho 16 anos. Tenho tantas coisas para falar, mas acho que vou começar pelo Edu. Eu sou apaixonada por ele há mais de seis meses, mas ele nunca me notou. 
Fazem alguns dias que ele começou a correr atrás de uma tal de Letícia, ela é três anos mais velha que eu, e tem a mesma idade do Edu. Não sei direito o que ele enxergou nela, ela nem sequer é dessa cidade! Mora a três horas daqui, por que ele não dá valor pra mim? Eu moro bem mais perto, e ela tá namorando, eu estou solteira. 
Não demorou muito pra que eu adicionasse ela no face, eu queria que ela me dissesse algo sobre o Edu, pois nunca tive coragem de falar com ele, mas ela não falou quase nada, disse que eles só conversaram uma vez. Mas eu sei que não foi só uma, umas amigas minhas disseram que ele a convidou para ir no Shopping e para ir no show do Guns N' Roses. Como ele pode correr atrás de uma garota comprometida e apaixonada por outro, que mora a sei lá quantos quilômetros, sendo que a poucos metros da casa dele mora uma garota que o ama pelo que ele é? Eu não entendo.
Bom, se ele gosta tanto dela, então quem sabe se eu ficar mais parecida com ela, ele passe a me valorizar... o cabelo dela é ruivo acaju, então eu fiz umas mechas no meu cabelo dessa mesma cor. Decidi me aproximar bem dela, eu até a chamei de filha e comprei uma pulseira parecida com a que ela usa, mas isso só fez a melhor amiga dela vir puxar assunto comigo (aposto que ficou com ciúme). 
Outro dia, decidi ser mais radical: comprei uma camiseta dos Guns N' Roses com uma estampa igual a dela, só que o modelo é muito mais bonito. A dela é um vestidão, e a minha é de ombro caído. Além disso, fiz uma tatuagem: é de uma boquinha com a língua de fora, eu jurava que era símbolo do Guns. Jurava. Mas a Daniela (a tal garota), me xingou dizendo que era do Rolling Stones. 
Ótimo... agora ela me odeia, a melhor amiga dela também, o garoto que eu amo continua sem me notar, e eu perdi minha autenticidade. Não sei por que, mas nada dá certo pra mim. Tomara que ela dê um baita fora nele, quem sabe assim ele aprende a valorizar quem o ama. 
Semana que vem eu vou tirar as mechas que eu fiz no meu cabelo, mas vou passar a ser eu mesma a partir de já. Aprendi que não vale a pena imitar ninguém pra ser valorizada, quem realmente gostar de mim, vai se apaixonar por cada traço da minha aparência e da minha personalidade. Não sei o que passou pela minha cabeça quando decidi mudar (o amor enlouquece até mesmo as pessoas mais sensatas), mas agora vou tentar desapegar dele. Quem sabe um dia eu conheça alguém que realmente valha a pena...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!