Não fala comigo u.u

21 março 2014



Vocês provavelmente devem ter estranhado o título desse post, não é? Bom, eu não quis dizer necessariamente para vocês não falarem comigo, apenas tive a ideia de citar algumas situações nas quais eu não quero conversa, mas que sempre vem alguém puxar assunto comigo (nunca é do meu interesse, e na maioria das vezes eu nem sequer conheço a pessoa). Vamos Lá?


Situação 1: Lendo Eu sou o tipo de pessoa que lê em qualquer lugar, seja em casa, no ônibus ou na aula quando eu tô sem assunto e não tem nada pra fazer... no ônibus eu tô sempre naquele risco de vir uma pessoa achando que eu tenho cara de psicóloga pra ficar falando dos problemas dela achando que eu vou saber ajudar em algo (às vezes eu até tento dar um conselho, sendo que eu queria mais é que ela calasse a boca).

Situação 2: Ouvindo Música Quando eu ouço música, eu já boto bem alto que é pra eu não ouvir o barulho ao meu redor, às vezes as pessoas dizem que conseguem ouvir que música eu tô ouvindo e pedem pra eu baixar o volume (nessas horas eu aumentaria mais, se desse, só pra provocar, pena que geralmente já tá no máximo :/). Se você tiver ouvindo a minha música, e ela for metal, eu vou te dar um conselho: fica na tua que vai ser melhor, haha!

Situação 3: Escrevendo Se eu tiver escrevendo, é capaz de eu nem notar que você resolveu puxar assunto comigo (ou eu noto mas finjo que não notei), porque se eu conversar, eu acabo ficando com medo de perder a inspiração ou esquecer o que eu ia escrever. Isso aí é meio doido na verdade, às vezes me vem uma ideia do nada, no meio da aula, eu faço de tudo pra conseguir anotar, e se eu parar, pode ter certeza: eu vou esquecer, ou quando for escrever em casa, não vai ficar tão bom quanto ficaria se eu tivesse anotado na hora (pelo menos é nisso que eu acredito). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!