3 Fatos Frustrantes sobre a Páscoa

10 abril 2014




Na sua infância a páscoa era uma época maravilhosa, não é mesmo? Cheia de chocolates e supresas escondidas... lembro que meu pai costumava esconder ovos de chocolate pela casa enquanto eu dormia, e ele também fazia umas pegadinhas com farinha no corredor pra eu seguir o "rastro de neve" que o coelhinho da páscoa havia deixado. Claro que isso não me convenceu por muito tempo, eu devo ter deixado de acreditar nisso lá pelos 5 ou 6 anos, mas eu continuei fingindo que acreditava por anos só pra poder acordar e ir direto procurar os ovos, haha. Mas depois que a gente cresce, as coisas mudam, e nesse post você vai apenas se identificar com o que muda exatamente (porque eu duvido que você não saiba):

1) Chocolate ou Pele perfeita? Eu nunca tive esse problema, mas alguns adolescentes não podem nem comer uma barra de chocolate até o fim sem entopir o rosto com cravos e espinhas das mais diversas formas. Se você mesmo tendo esse problema, ganha chocolate aos montes e não consegue resistir, já vai preparando a carteira pra ir na farmácia comprar cremes...

2) O Coelhinho da Páscoa é você! É, a gente cresce, e não só para de ganhar chocolate dos outros, como também se torna obrigada a comprar. Sua irmã mais velha desencalhou há uns anos atrás, deu à luz a um lindo bebê, te escolheu como uma das madrinhas, o bebê cresceu e agora você tem que dar um ovo de chocolate que ele goste. E para seu desespero, os ovos de chocolate estão bem mais caros esse ano (por mim tinha que vir um iphone dentro pra justificar o preço u.u).

3) Quer chocolate? Compra u.u É minha filha, passou dos 15 cabou a magia. Se você realmente quer comer chocolate nessa páscoa, procure um estágio e compre você mesma, porque o outro jeito é arrumar um namorado e você sabe que não dá certo acreditar no primeiro "eu te amo" que você escuta. Tá certo que aos 15 anos (e em qualquer idade) você tem o direito de sonhar um pouco, mas... fica a dica.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!