Como planejar seus gastos

21 junho 2014



Fui seduzida por uma imagem nada a ver Ah... dia 21, muitos estão ganhando seus vales hoje, vale alimentação, vale transporte, alguns até mesmo vale presente... em dinheiro, em cartão... você sai por aí, descobre que "precisa de tudo" e quando menos espera já está com a carteira vazia de novo, não é mesmo? Quando recebe o salário, então? Por mais que o dinheiro seja maior, você se empolga tanto que acaba gastando mais rápido ainda!
Se você se identifica com o que eu acabei de dizer, cuidado: você pode acabar saindo no prejuízo, e se esquecendo de comprar coisas de que precisa por conta de coisas que você queria muito. Por exemplo: você está precisando de uma escova nova pros cabelos, mas viu uma capinha de celular tão linda que até se esqueceu que precisava de outras coisas. 

Parece inevitável passar por essas coisas, não é mesmo? Ainda mais quando recebemos nosso primeiro salário, a primeira coisa que vem em nossa cabeça é gastar tudo de uma só vez, não é?
Mas é preciso manter a calma, e planejar-se com um pouco mais de cuidado. E é aí que entram as minhas dicas para planejar melhor seus gastos, e não sair no prejuízo (ou sair, mas pelo menos não se esquecer de nada =P):

Pague as contas em primeiro lugar: Se você apesar de nova, já mora sozinha, provavelmente já precisa pagar contas, não é mesmo? E lá se vai mais da metade do seu salário... mas toma cuidado pra não esquecer de nada, hein? Procure ter sempre anotado os prazos e as datas para não se esquecer de nada, vale até botar lembrete no celular (assim não tem erro). IPTU, Luz, Água, Telefone, TV a Cabo, Plano de Celular, Parcelamentos, IPVA, Seguros, Empréstimos... entre outras.

Faça listas: O que você precisa para poder parar em pé durante um mês? Arroz, feijão, açúcar, sal, leite, massa, ovos, frutas, legumes, carnes, temperos, cereais e/ou bolachas pro café... sem se esquecer da higiene e da limpeza: absorvente, xampu, condicionador, creme de pentear, sabão em pó, amaciante... se tiver aniversários, ou alguma coisa extra que você precise comprar (vamos supor que a maçaneta da sua porta quebrou e você precisa de uma nova), não se esqueça de acrescentar à lista e verificar se cabe no seu bolso. 

Leve na carteira somente o que for gastar: Quando for fazer compras, evite pagar tudo no débito, pois isso acaba te incentivando a gastar mais do que precisa. Saque apenas o que você for precisar gastar, separe um dinheiro extra para usar ao longo do mês, e deixe o seu cartão sempre em casa, usando-o apenas para emergências.

Pechinche sempre: Pra quê a pressa? O mundo não vai acabar amanhã, então vá devagar, pesquise mais, veja se tem uma versão mais barata do produto que você precisa. Evite comprar em lugares com fama de "turco" (mesmo se você trabalhar lá), e não tenha preguiça de ir em outro lugar mais distante caso este esteja muito caro: você quer que seu dinheiro renda, não quer?

Escolha um bom dia: Não adianta querer fazer suas compras depois do expediente de uma quarta feira, você vai estar exausta, louca para ir embora, e mesmo se não se esquecer de nada, vai estar com pressa e por isso, vai se esquecer de pechinchar e vai levar qualquer coisa. Deixe para comprar quando estiver de folga, ou em um dia da semana com mais promoções, como nos finais de semana, por exemplo (por mais que o mercado esteja cheio, vale mais à pena).

Pense bem: Vale mesmo a pena ir naquela festa? O ingresso é caro, a música não é tão boa, você trabalha no dia seguinte, e a maioria vai ficar bêbada antes mesmo de chegar na metade, então por quê não deixar para outro dia, não é mesmo? E pra quê ir no cinema se em menos de duas semanas você poderá baixar o filme de graça, assistir no sofá da sua casa (que vamos combinar, é bem mais confortável que as cadeiras do cinema), com um baldão de pipoca, e o banheiro logo ali pertinho? Sem falar que na sua casa está clarinho, você não corre o risco de tropeçar e derrubar a pipoca ;) Quando te convidarem para sair, pense se vale mesmo a pena gastar dinheiro com isso e se tem algo mais barato que possa substituir esse programa. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!