#Tag Se eu Fosse

29 novembro 2014


Esses dias eu tava de boa no Face, e acabei achando a page de um blog chamado Utopias de Maria. À princípio confesso que não gostei muito do assunto, o layout é lindo, fofo e me chamou atenção, mas não sou do tipo que curte ler sobre Fotografia, 6 on 6, DIY, nem nada. 
Porém, eu adoro tags. Acho legal dar aquela chance pros leitores do blog saberem mais sobre quem escreve, e até que falar de mim mesma não é tão chato rsrsrs. Não é egocentrismo, como quem se acha o centro do universo, mas fazer listas e contar coisas dá um certo prazer. Ver que a outra pessoa se identifica e sabe muito bem do que você está falando então... apenas seleciono o que vou contar pra não ficar pessoal demais. Nem tudo precisa ser revelado. 

Acabei achando algumas Tags que me deram vontade de responder, e uma delas é a Se eu Fosse. Algumas tags pedem que você indique uma listinha de blogs, mas como eu morro de preguiça de sair de blog em blog avisando que indiquei ele pra uma tag, sempre acabo preferindo liberar pra quem quiser. Como ela fez.

Enfim... vamos à tag.





Se eu Fosse um Mês: Julho.
Se eu Fosse um Dia da Semana: Domingo.
Se eu Fosse uma Hora do Dia: 00:00
Se eu Fosse uma Estação do Ano: Inverno
Se eu Fosse um Planeta: sei lá... vênus?
Se eu Fosse uma Direção: em frente (tô tentando)
Se eu Fosse um Móvel: cama, sem dúvidas (sua linda s2)
Se eu Fosse um Pecado: preguiça, eternamente.
Se eu Fosse um Sentido: Visão



Se eu Fosse uma Pedra: Crack? hahahaha não.
Se eu Fosse uma Planta: Samambaia
Se eu Fosse uma Flor: Rosa
Se eu Fosse um Clima: Tempestuoso
Se eu Fosse um Prato: Mousse de Limão
Se eu Fosse um Instrumento Musical: Bateria
Se eu Fosse um Elemento: Fogo
Se eu Fosse uma Cor: Cinza
Se eu Fosse um Animal: Tigre



Se eu Fosse um Som: Trovão
Se eu Fosse uma Música: Pompeii (ouça aqui, se quiser)
Se eu Fosse um Sentimento: Rancor (nunca esqueço de nada)
Se eu Fosse um Lugar: quarto.
Se eu Fosse um Sabor: levemente azedo (tipo o daquelas minhoquinhas)
Se eu Fosse uma Palavra: Preocupação (sou muito nervosa com quase tudo)
Se eu Fosse um Objeto: Caneta (pra escrever, ué, hahaha)
Se eu Fosse uma Parte do Corpo: Cérebro (não que eu me ache um gênio, só tenho mania de pensar demais, então...)
Se eu Fosse um Número: sete?
Se eu Fosse um Símbolo: Ying Yang, com certeza.
Se eu Fosse um Filme: Garota Interrompida (porque ela usou a escrita como meio de desabafo, façam como eu e ignorem a parte do drama e da internação em um hospício).



Nenhum comentário:

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!