Ninguém tem Inveja de Você

12 fevereiro 2015


Eu não sei por que tantas pessoas se incomodam tanto com o fato de que fulano de tal não gostou do jeito delas. Ou do cabelo delas. Ou da roupa. Tanto faz.
Hoje em dia, se você falar pra qualquer pessoa que "ciclana falou mal dela", ela vai dizer que não tá nem aí pra opinião dos outros. Se for verdade, certa ela. 
Mas e se ela se incomodar? Ficar perguntando quem foi, o que disse exatamente, e achar uma pouca vergonha não ter tido coragem de falar na cara. Sempre tem alguém pra chegar nela e dizer, solidariamente: "ah, não dá bola... isso aí é inveja!".

E se eu disser que não é? Só porque uma pessoa não vai com a sua cara não quer dizer que ela queira ser como você. Eu também não gosto de muita gente e pasme: teria nojo de mim mesma se fosse como elas. Inveja é uma coisa que não se aplica muito a mim, eu posso não ter uma vida perfeita, mas eu sou realista e sei que ninguém tem. Então não fico por aí cobiçando o que é dos outros, seja aparência, personalidade, namorado, amigos, ou a própria vida como sendo mais popular, mais rica ou sei lá o que. Eu tenho as minhas coisas, e o que não tenho, posso muito bem correr atrás sem pisar em ninguém nem ficar desejando estar no lugar do outro, porque seria "mais fácil" se eu fosse rica como o fulano.

Essa história de que quem não gosta de você é porque tem inveja vem muito das redes sociais, primeiro o Orkut, e agora o Facebook. Quantas vezes você não deve ter lido frases como: "quem tem luz própria incomoda quem tá no escuro", ou "caco de vidro tem inveja de diamante", ou "sua inveja faz a minha fama". Meu filho, só pra avisar: você não é tão foda assim para as pessoas ficarem com invejinha de você, então sossega aí e vai tomar o teu toddynho. 
Acho até que, se toda vez que a pessoa recebe uma crítica ela apela pra dizer que "aff, isso aí é inveja", é sinal que no fundo, ela pode ter alguma insegurança escondida naquela máscara de "brilho" e orgulho próprio. As pessoas esquecem que ninguém é perfeito, esquecem que todos temos nossos erros e defeitos e se recusam a admitir que às vezes, quando olham no espelho, reclamam sim do próprio cabelo, reclamam sim das próprias olheiras e até do próprio corpo. Por mais que eu goste de pregar mensagens de auto estima e aceite a si mesmo, eu sei que nem todo dia você estará se sentindo perfeito. Eu por exemplo, vivo numa guerra constante com meu cabelo, eu só não deixo isso me incomodar a ponto de eu realmente odiar a minha aparência.
E eu não me incomodo tanto assim com as críticas como já me incomodei antigamente, porque eu sei que nem todo mundo vai gostar de mim e me elogiar o tempo todo, assim como eu mesma não gosto de todo mundo. Não quer dizer que eu tenha inveja da pessoa, e não quer dizer que a pessoa realmente tenha um problema inaceitável. Só não tem a ver com meus princípios, e daí? 
Só enche o saco quando a pessoa começa a insistir e querer mandar em mim, mas de resto, se importar pra quê?

Em alguns casos ok, acaba soando como se a pessoa tivesse inveja mesmo, mas isso não quer dizer que toda vez que alguém colocar um defeito em você, a pessoa tem inveja disso. 


E tem mais: só porque uma pessoa não gostou de algo que você fez, não significa que ela deva "fazer melhor". Muito provavelmente você já reclamou de muita coisa na vida e não faz o tipo que ama tudo e todos, que só elogia e nunca critica nada. Então para de bancar o mimado toda vez que alguém apontar um defeito seu, porque você também já fez isso e ainda faz. Reclamar é inevitável, é tipo uma lei da vida. Tudo bem que é chato ser criticado o tempo todo, ou levar horas e horas pra fazer algo, e depois vir um idiota que não faz nada da vida ficar criticando como se ele fosse perfeito, o sabe tudo. Mas gosto é gosto, fazer o que? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!