10 Coisas da Escola que NUNCA vão Fazer Falta

16 abril 2015


Você. Sim, você! Sabe aquela saudade que tá te dando do Ensino Médio após ter terminado e não ter passado no Sisu? Eu não tô sentindo porra nenhuma, então, nada mais justo do que te ajudar a não sentir mais nada também, né? 
Você aí pensando nos amigos, nos passeios, nas risadas, nas histórias, e em ALGUNS professores queridos... jura que você já esqueceu dessas 10 coisas abaixo? Já? Então vou refrescar a sua memória...

1. Acordar Cedo:
Na verdade, se você não precisava trabalhar e já tinha idade pra isso, já vou catar umas pedras pra jogar em você, porque chegar em casa meio dia e poder fazer seus deveres, pra depois passar a tarde inteira no PC é barbada. Quero ver sair da aula e depois ter que trabalhar até as nove da noite, ou ter que acordar cedo, trabalhar até as seis, e depois ir pra aula, chegar em casa quase meia noite e ter que fazer os trabalhos de madrugada. Isso é só pros fortes, baby u.u

2. Lotação de Trabalhos:









Falando em fazer trabalhos de madrugada... lembra daquele seu professor "lindo" que dava umas 10 pesquisas pra fazer em uma semana e esquecia que existiam outros professores pra fazer A MESMA MERDA? E aí, como isso terminava? Você, fazendo tudo de madrugada, reclamando da vida e chegando nos lugares parecendo uma mistura de espantalho com zumbi.

3. Ser obrigada a usar uniforme:
Bom, eu não era obrigada a usar uniforme, porque eu estudava no turno da noite e eles abriam uma exceção porque quem estudava a essa hora geralmente trabalhava. Mas o trauma da maioria é que: o uniforme da escola brasileira não é como o da foto acima, a qual escolhi pra não fazer ninguém ter crise de choro. Se você tá chorando porque ficou querendo um uniforme assim, faz o seguinte: aprenda a gostar de animes e vá pros eventos fazendo cosplay com esses uniformes. Sonho realizado.

4. Bullyng/Exclusão:
Sim, eu sei que nem todo mundo sofreu Bullyng, mas quem sofreu... duvido que esteja realmente sentindo falta da escola. Eu sofri um pouco sim, mas não foi tão pesado se comparar com quem apanhava todo dia e com quem mora nos Estados Unidos (sim, lá a ocorrência disso aí é muito maior e ainda tem aqueles armários pra você ser enfiado dentro).

5. Professores insuportáveis:
Eu não tive lá muitas discussões com professores na minha vida, mas isso não quer dizer que eu não tenha tido vontade de esquartejar alguns até a morte. Tinha uma na oitava série que toda segunda feira de manhã, no primeiro período, ficava me xingando por coisas que a turma toda fazia. E óbvio que nem sempre eu ficava calada... por incrível que pareça nem ela nem nenhum outro professor já chegou ao ponto de me tirar da sala. '-'

6. Ter que ir pra aula mesmo quando tá mal
Quantas vezes já aconteceu de você estar doente, cansado(a), desanimado(a) ou com qualquer outro problema, e ter que ir pra aula mesmo assim porque já tinha muitas faltas, ou porque tinha prova, apresentação de trabalho ou alguma matéria nova que você não podia perder de jeito nenhum?

7. Trabalhos em grupo:
Ok, a imagem não tem tanto a ver com o tópico, mas enfim. Só eu que sempre detestei trabalhos em grupo? Sempre tinha aquele vagabundo tentando dar mil desculpas pra não fazer porra nenhuma e ficar só com a nota, sempre rolava aquela procrastinação vinda do grupo que não te escutava, deixava tudo pra última hora e botava a culpa em você, e sempre rolava a chance de você ter que fazer tudo e ainda ter idiota pra botar defeito. Uma vez, na oitava série, a gente tinha uma pesquisa pra fazer sobre a China, e meu grupo teimava que era sobre o Japão. Eu fiz uns duzentos textos, e elas reclamavam de todos. Na hora de entregar, entregaram o trabalho errado e falaram pra professora (na minha frente), que EU não fiz nada. Não preciso nem dizer que eu falei umas boas verdades, né? Não resolveu o problema da nota, mas eu é que não ia  ficar quieta.

8. Notas Baixas:
Ok, eu sei que nesse post eu disse que o ideal nessa situação era ficar calma e estudar mais, mas sabe quando você percebe que vem uma bomba atrás da outra (oi, matemática!)? Esse é o tipo de coisa que me deixava desesperada, e que na faculdade eu vou fazer de tudo para que não aconteça. Ainda bem que não tem exatas em jornalismo...

9. Educação Física:
Sei que nem todo mundo é assim, mas eu simplesmente detestava a aula de Educação Física, se tivesse bola no meio então, eu tava fodida. Eu sempre fui péssima em qualquer esporte que envolvesse bola, nunca entendi porque não podia ser só corrida e salto. "Ah, é pra aprender a trabalhar em equipe, conviver em sociedade e blá blá blá...", foda-se. Só consegui gostar um pouco da Educação Física em alguns trechos do Ensino Médio, quando meu professor viu que eu realmente ficava mal na hora de jogar vôlei (olá, tonturas!), e me liberava. Aí eu ficava jogando em um canto, com meu seleto grupinho de amigas. 

10.  A comida ~envenenada~ do Refeitório:
Quem dera na minha escola tivesse hambúrguer como nesse filme... se bem que no Ensino Médio eu não tinha muito do que reclamar, agora, no Fundamental... nunca nem tive coragem de tocar naquela comida, se quiser me chamar de fresca, chama, mas simplesmente não dava.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!