Às vezes é melhor ser malvado(a)

07 abril 2015


Às vezes, ser bom e inofensivo cansa.

Você não pode apenas ver a  maldade acontecendo e não fazer nada.  Não dá para apenas sentar e observar. Você tem que reagir,  tem que fazer alguma coisa.
Analise, informe-se, pense, planeje. Mantenha seus olhos abertos, o queixo erguido e os pés no chão. Nunca desista.
Conheça seu inimigo, aproxime-se dele. Saiba como atacar e revidar; e assim que possível, dê o seu bote.
Não descanse enquanto não conseguir o que deseja. Planeje em silêncio. Deixe sua bondade e inocência em casa. Leve na bolsa o rancor e a vingança. Use-os com esperteza, seja frio e calculista


Mas lembre-se: use sempre seu lado maligno para o bem. Jamais ataque alguém que não fez nada a você ou a outro alguém. Jamais se intrometa na história de outra pessoa, ela pode simplesmente não querer a sua ajuda.
Apenas deixe claro que: quem com ferro fere, com ferro será ferido. Ou até com um rojão, se você achar mais conveniente.
E seus amigos, sua família... nunca os deixe sofrer nas mãos de outra pessoa sem sequer tentar fazer nada. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!