Socialismo no Brasil? Morremos, quer dizer... oremos.

25 abril 2015


Acho que vocês já perceberam que eu postando fora de hora é igual ao plantão da Globo, né? Lá vem merda...
Pois é, gente, eu até poderia fazer alguma piada além dessa, mas acontece que a notícia que eu tenho pra dar não combina com piadas tipo as do post 18 Coisas antes dos 18, por exemplo. 
Há alguns dias atrás (mais precisamente dia 19, no domingo passado), eu estava no twitter e vi o @felipeneto falando sobre um documento que o PT disponibilizou em seu site. Dizendo que vão estatizar todas as empresas privadas, que vão criar uma TV pública, que chamaram todos os opositores de golpistas... 
"Ai, Amanda, mas tu acredita em tudo o que esse merda diz? Sua baba ovo!". - ESCROTO, hater 2015
 Claro que não, por isso mesmo eu decidi ler o tal documento, vai que ele estava equivocado, né ? Pode acontecer com qualquer um... Sem falar que o assunto é importante e eu não me contento em apenas repetir o que já foi dito. 
Vindo do PT, eu não duvido de nada (só das notícias boas, porque quando a oferenda é boa demais, até Iemanjá desconfia)... apenas torço pra conseguir ir embora do Brasil um dia (vou começar aprendendo inglês fluente, e depois eu vejo como faço pra ficar milionária e renacionalizar-me em outro país).

Por incrível que pareça, levei uns quatro dias para ler um documento de 165 páginas, sendo que já fui do tipo que só precisava de uma tarde para ler 300 (eu ando meio desanimada há algum tempo, mas isso não vem ao caso agora e também não é o fim do mundo).



E foi confirmado que sim, é verdade. Eles falaram em socialismo umas mil vezes a cada parágrafo, e eu, anti-petista, descobri que sou golpista. Era tanto vitimismo e hipocrisia que chegou a me dar nojo, por sorte meu estômago é forte. Eles acham que quem é contra o PT, usa apenas as regalias do bolsa família e do seguro desemprego como argumento. Eu também sou contra essas coisas, nos outros países todos conseguem se virar após uma demissão mesmo sem essas coisas (existe uma coisa que se chama currículo), então por que aqui seria diferente?
Mas não se trata apenas de "presentes", eles só criam isso para acomodar seus eleitores. O prouni, o pronatec e o Enem são úteis sim, mas a educação no Brasil é extremamente fraca. E a tendência é piorar, pois segundo o documento, eles pretendem usar a educação para ganhar a confiança dos jovens (que nas palavras petistas, são mais críticos atualmente, e não deixa de ser verdade: olha eu aqui). 
A criação da TV pública para atrair mais militantes é verdade também (a rádio e as redes sociais serão incluídas no "pacote mídia"). 

Querem acabar com a importação, fechando as portas para a entrada de produtos internacionais e obrigando-nos a "aproveitar" apenas o que é feito no Brasil. E se você está de boa com isso, lembre-se de que as roupas que você usa, o celular, as músicas que você escuta (a maioria, pelo menos), os livros, todos os móveis da sua casa vem de fora. Até o material de construção vem de fora, se bobear. 
E não, eu não sou contra a inclusão social. Mas acho que ela deveria ser feita através do aumento do salário mínimo, a redução de preços, o fim da inflação e o fortalecimento da educação. As pessoas devem aprender a correr atrás do que desejam e a informar-se, a formar opinião, não ganhar tudo de graça, dentro de uma bolsa (desconsiderem o trocadilho bosta).

Acho que a parte mais ridícula do documento é... ok. Não tem parte mais ridícula, porque tudo em si foi uma vergonha. Mas há uma passagem em que eles dizem "o socialismo no Brasil, na América Latina e no mundo", que conseguiu me surpreender. Sério? Eles pretendem dominar o mundo? *risos* A ideia deles é conseguir apoio estrangeiro através de uma melhoria nas relações internacionais, mas eles se esqueceram de que governam um país subdesenvolvido, e que os políticos dos outros países não possuem a mente fraca e influenciável que os petistas têm. 

Detalhe que eles falaram em socialismo e na estatização das empresas privadas separadamente. Quem sabe o que é socialismo, sabe que essa divisão de tópicos foi desnecessária, porque essa é uma das principais características do socialismo (que se difere do comunismo, só pra avisar).

OBS.: A diferença entre o socialismo e o comunismo é apenas uma: no socialismo, a população possui voz, e o direito de usá-la para manifestar seu descontentamento. No comunismo, todos são proibidos de discordar do governo (foi assim na ditadura militar, e por favor: parem de protestar pedindo por isso, vocês definitivamente não sabem o que estão falando). E nem preciso dizer qual a diferença entre ditadura militar e ditadura comunista, né? Mas para os leigos, eu direi o óbvio: em uma ditadura militar, os militares governam (o nome já diz, né?), e em uma ditadura comunista, o próprio governo elegido age de forma autoritária.

Sabe a empresa que você demorou anos para firmar, assinou vários documentos, foi atrás de alvará e tudo o que é burocracia e que depois de muito esforço virou seu ganha pão? Tudo pelos ares, você vai perder todo o trabalho que fez e ainda vai ter que trabalhar de escravo para o governo (ou ficar sem nada). E se você acha que o seu trabalho atual é duro, imagina o que você vai pensar se tiver que trabalhar para o governo.
Eles dizem que a democracia e a  liberdade de expressão serão mantidas, mas eu se fosse vocês não acreditaria nisso. As pessoas que são anti-PT foram chamadas até de nazi-fascistas naquele documento, duvido muito que continuaremos tendo o direito de reclamar e ir às ruas com cartazes e apitos. 
Foi dito também que será implantada uma jornada de trabalho de 40 horas semanais (ou seja: oito horas por dia, de segunda a sexta), mas eu tenho a impressão de que eles se contradisseram em algumas partes do documento... no começo eles vão implantar, aproximadamente na centésima parte querem acabar com essa carga horária, e no final eles dizem novamente que vão implantar (me corrijam se eu estiver errada, pois posso ter me distraído).

Observação extra: não sei qual é a dificuldade que eles tiveram para mudar de assunto, porque eles falaram da mesma coisa umas mil vezes, apenas variando a ordem das palavras. Se não fosse por toda essa repetição, pode ser que o documento tivesse umas 50 páginas, mas em vez disso, optaram por falar merda nos mais variados idiomas e dialetos (ops: esqueci de ser séria).

Pra finalizar o post, eu tenho um recadinho para o rei Snow, er, para o PT: se nós queimamos, você queimará conosco. Tá, parei, isso não é hora pra fazer piadas e se você está pensando em fazer algum meme sobre essa notícia, é melhor parar por aí. 

Agora falando sério, vou dar um recado para o PT: vocês não precisam de outros partidos para queimar a sua reputação, vocês mesmos já fizeram isso sozinhos com suas ações, ou com a ausência delas. Não adianta usar seus projetinhos como desculpa para dizerem que fizeram alguma coisa. Os únicos que realmente prestaram para alguma coisa foram o Enem, o Prouni, o Sisu, o Pronatec e olhe lá, hein? Conheço pessoas que tiveram que trancar a faculdade, pois 50% de desconto não ajudavam em nada. E quando eu fui me inscrever no Sisu? 15 vagas para estudantes de escola pública? Vocês chamam isso de inclusão social? Porque eu chamo de palhaçada!
Sou pobre desde sempre e não acho que a inflação seja calúnia vinda da "mídia golpista", porque quando eu vou no mercado, levo até calculadora pra checar se vai caber no pouco dinheiro que levo na carteira.
Acham que o SUS está ajudando? Não ajuda em porra nenhuma! Eu sei que ele não foi uma invenção do PT, mas é sério que em mais de doze anos de mandato vocês não conseguiram nem melhorar a estrutura? A minha vó foi fazer uma cirurgia no joelho, e ficou ANOS sem andar. Adivinha o motivo? Infecção vinda da sujeira dos hospitais públicos. Não é um absurdo ficar paraplégica por causa disso? Ela está bem hoje em dia, mas foi uma recuperação estratosfericamente lenta de um problema que nem deveria ter existido. E é só esse tipo de coisa que teremos se o PT conseguir o que quer. Você é petista e está pensando em me xingar nos comentários? Em dizer que estou falando merda, que é mentira, que foi o Aécio que disse? Leia o documento e fale por si mesmo então, o próprio partido "exemplar" disponibilizou (não, eu não sou peemedebista, e não sei se ainda espero por um partido decente).


Eu só não entendo qual é a lógica de divulgar essas barbaridades no intuito de CONQUISTAR eleitores, porque aquilo lá parecia muito mais com uma tentativa de auto-queimação do que com uma estratégia de "marketing político", por assim dizer. Foram hackeados, ou o quê? Ah, espera... tem gente que vai ler tudo e mesmo assim acreditar que é uma notícia boa (isso se ler, né?).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!