Otimismo completo? Vish.

28 junho 2015


Oooi! Nossa, postar em domingo me lembra o plantão da Globo, não sei porquê. Na verdade sei: minhas postagens são programadas pra terça, quinta e sábado. Quarta é o "642 Coisas". Se eu postar nos outros dias, é possível que venha merda, hahaha.  Ou post sobre alguma notícia recente. 

Mas não é merda nem notícia. Pelo menos não uma merda completa, tipo "ai meu Deus, vou me matar, vim aqui me despedir dos meus amigos e da minha família". Não gente, nem se preocupa com isso (e não, não estou zoando quem está nessa situação, eu sei que é sério, caso alguém pense nisso).

Caralho, como eu sou enrolada '-'. Vou até destacar quando ir direto ao ponto, que assim cês podem pular pra parte que interessa.
O negócio é o seguinte: sabe aqueles posts ultra-motivadores em que eu dou a entender que sou a rainha da positividade?
É mentira. (Agora até já colaborei com o meme da festa junina, hahaha "a vida tá boa" "é mentira" hehehe).
Mas ok, não é uma mentira total porque eu também não sou totalmente pessimista, apesar de não acreditar muito no amor, ter que me esforçar de vez em quando pra não dizer "as pessoas são uma merda" de um modo totalmente generalizado, e ter percebido que a maioria das minhas piadas cheiram a negatividade, de resto eu até que tô de boa.
Ainda vejo o lado bom das coisas de vez em quando (pequenas coisas do dia a dia), e ainda me esforço pra conquistar os meus sonhos (só tenho uma puta alergia a frases melosas, até dizer "conquistar meus sonhos" acaba me enjoando ¬¬). Ainda gosto de ver graça em coisas bobas, ainda gosto de dançar feito uma lacraia que recebeu uma entidade.
Eu ainda tento não ser tão pessimista (peco na maior parte do tempo, mas tento hahahaha).
Só não quero ficar enganando as pessoas, parecendo que eu gosto de arco-íris e unicórnios, quando na verdade eu tô aqui, de pijama, virando refém do café (virando não, eu sou refém do café). Detesto falsidade, e detesto ter que censurar certas reclamações só pra sustentar a imagem de "menininha positiva que quer espalhar a alegria no mundo". Não que eu não goste de ajudar os outros, eu gosto. 
Só que se for pra escolher entre ficar bancando a "felicidade em pessoa" sem ser verdadeira e dormir o dia todo, eu escolho dormir. 
Não vou largar o blog, nem vou ficar desabafando aqui o tempo todo como se fosse uma espécie de diário. Não gosto de desabafar tanto assim, não gosto de ter que aguentar a ignorância humana, não gosto de quando eu tô quieta e as pessoas ficam perguntando se tá tudo bem e insistindo na pergunta quando eu digo que tá (sem ofensas, eu sei que nem sempre é por falsidade, mas eu sou do tipo que evita o assunto e tenta se virar sozinha).

Puta merda, agora parece que eu tô deprimida, né shuashuashua. Não tô e não julgo quem está. 
Só fiz esse textão pra dizer que não vou censurar reclamações mas também não vou parar de fazer textos motivadores, caso eu esteja bem no dia, tenha aprendido algo ou só queira tentar me convencer. 
Desnecessário? Talvez, hahaha. Ok, com certeza é desnecessário, mas o blog é meu e eu posto o que eu quiser. u_u
Só não precisa acreditar em tudo o que eu digo, né? Se eu sou pessimista é por motivos próprios, não significa que seja verdade mesmo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!