DOIS ANOS, PORRAA! o/

18 agosto 2015


Alguém aí lembra da Janice? hahahaha
Caralho, dois anos de blog... e eu continuo na persistência!
Dois anos nesse blog, né, porque como blogueira já são cinco!!!
Eu já falei várias vezes sobre o mítico Garota Antenada aqui, mas foi em posts mais antigos então, vamos recapitular: criei o primeiro blog por curiosidade, e ele falava mais sobre futilidades e besteirinhas do que qualquer outra coisa.
Eu não falava tanto de moda porque nunca fui tão apegada nisso, mas a temática era bem teen.

Quando ele já havia completado dois anos, e tinha umas poucas pessoas que acompanhassem e somassem no máximo seis comentários em alguns posts, o que eu fiz? Larguei. Fiquei indo e voltando várias vezes até parar em definitivo.
A minha vida pessoal tava um cu e eu já estava enjoada daqueles assuntos, eles simplesmente não combinavam mais comigo. Eu havia mudado. Não tinha mais nada em comum com o nome do blog e não tinha como mudar o conteúdo sem que ficasse estranho, porque ia ficar totalmente sem sentido.
Eu não tinha muito ânimo pra postar e o layout tava um cu (eu não tava sabendo lidar com isso), e como eu tinha poucos leitores, deletei sem dó nem piedade, porque cobrança não ia ter (ainda bem), e ao contrário do que pensei por um tempo, eu não era obrigada a postar pras paredes.
Mas depois reabri e só deixei desatualizado mesmo.

Em 2013 (um ano depois), a saudade bateu e eu voltei (uma boa filha à casa torna huehuehuehue). Eu percebi que meu amor pela escrita tinha se solidificado bastante com os blogs, e que até a minha escolha para a faculdade eu devia a ele.
Usei o Garota Antenada como base e criei o Antigos Diários, que a princípio ia ser um blog de textos. Porém, eu mudo de ideia toda hora e nem sempre me inspiro pra esse tipo de coisa, então achei melhor aumentar um pouco e transformar o blog em uma salada mista dos assuntos que mais me interessam.
Deu nessa coisa que você tá vendo aí, rsrsrs.

Eu demorei esses dois anos pra começar a tentar divulgar mais. Os motivos eram os seguintes:

1. Eu ainda me enrolo bastante com minha vida pessoal, profissional e a tentativa de iniciar minha vida acadêmica.
2. O layout do blog era afrescalhado demais e eu não conseguia fazer um layout básico sem ele ficar uma bosta (e não, o Antigos Diários não é um blog destinado ao público feminino, gosto de fazer posts que possam entreter tanto homens, quanto mulheres e o layout não batia com essa meta).
3. Eu queria poder viver só do blog sim, porque é uma paixão minha, mas não sabia do tamanho do sucesso que precisaria pra isso. Não sei como é a vida de uma blogueira famosa, não sei se elas enfrentam agenda lotada, muita muvuca, muita fofoca, muita especulação e coisas assim. "Como assim? Mas você não queria ser famosa?" Honestamente? Se fosse pra ter que tomar cuidado com cada letra de cada palavra que eu uso, só pra evitar polêmicas doidas, não. Eu queria mais era que se fodesse.
Mas é legal ter quem admire meus textos e é legal ver que um texto fez o dia de uma pessoa melhorar, por causa da mensagem positiva dele. Então taquei e foda-se e se for pra me preocupar com isso, que seja mais tarde caso aconteça. Se não acontecer, ainda tenho a faculdade de jornalismo pra eu poder escrever à vontade. ;)

Bom, é isso aí. Força na peruca e "vamo que vamo". Recentemente estou unindo forças pra divulgar o blog e correr atrás daquelas coisas, e alguma hora eu chego lá. =)
Quando der certo, a gente faz assim:







Por enquanto não vai rolar sorteio de aniversário nem nada do tipo porque o blog precisa crescer mais antes de ter uma parceria, e se for pra ter, prefiro que seja com uma editora (de preferência a Intrínseca) do que com aquelas lojinhas de roupa e maquiagem. Se não for com editora, seria legal com uma loja de variedades, com capinhas, materiais escolares e objetos de decoração, por exemplo.
Mas assim que possível a gente dá um jeito nisso, quando vocês menos esperarem eu vou estar sendo entrevistada pela Fátima Bernardes, hahahahaha. Ok, parei.


"Ain, Amanda, mas por que Antigos Diários se o blog não é mais sobre textos e nem é algo que fale da sua vida?".  Acesse a página sobre que tá explicadinho lá. Tô com preguiça de explicar agora.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!