5 Filmes para Assistir em Dias Chuvosos

12 setembro 2015


Aquele momento em que você vai sair com alguém e ela cancela encima da hora.
Pior: você já se arrumou.
Pior: você já ia sair.
Pior: a pessoa só lembrou de você porque você mandou whatsapp dizendo que ia sair.
PIOR AINDA: começa a chover, você perde a vontade de sair e com ela, a de viver.
Aí não só tem que lidar com a frustração de ter perdido determinado evento, como também com o tédio de não poder fazer quase nada.

Mas calma: Netflix tá aí pra te ajudar nessa situação. ;) E lá vão 5 opções que vão salvar sua vida (e seu fim de semana):

Um filme sobre um garoto que tinha instintos suicidas, pediu ajuda e foi internado contra a própria vontade. Porém, sem drama nem clichê. Não dá pra elogiar problemas psicológicos sendo tratados como se fossem algo bonito, mas o filme é legal.

Baseado em um livro do Nicholas Sparks. Não preciso nem dizer que o livro é melhor que o filme e que minha cena favorita ficou completamente zoada, né? Mas o filme é bom e dá uma relaxada pra quem quer descansar um pouco.

Também baseado em um livro do Nicholas Sparks, porém, não lembro de quase nada do livro. Vou pagar muito pau pro filme só porque gostei do ator escolhido pra ser o Dawson "adulto" (e nem o nome do ditocujo eu sei porque sou péssima com nomes de atores e simplesmente cago pra isso).
Ah: e porque a Amanda (minha xará) é cheia de atitude e me encheu de orgulho, hehehehe.

Esse sim vai te animar, hahahaha! A trilha sonora é toda fofa, as cenas são engraçadas e de quebra ainda tem aquela nostalgia da Miley antes dela despirocar de vez. O clichê é um ponto fraco do filme, sem falar que aquela coisa toda de adolescente deixou ele meio bobo, mas mesmo assim vale a pena assistir.

Esse filme já tem frustração no nome, só pra você se identificar. É legal ver todo mundo tomando no cu o filme todo enquanto você tá na cama, de pijama, comendo pipoca de microondas (que você fez sozinho(a)! Por favor, não me diga que você fez sua mãe levar lá pra você! Não me mata de vergonha, seu leitor de Estadão!). Enfim, o final cara... vai fazer você desejar muita frustração como aquela na sua vida, só te digo isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!