8 Motivos para Assistir Orange is the New Black

15 setembro 2015





Motivo nº 1: A série é educativa, huehuehuehuehue

Fazia um tempinho que eu tava querendo assinar Netflix e na hora de decidir o pagamento dava erro.
Porém, num belo dia (mais precisamente num sábado ensolarado), eu estava no meio do curso de Excel, em uma aula sobre imagem no Excel (que eu já sabia como usar, por isso dava pra ignorar um pouco mas de resto sou uma aluna muito estudiosa, brigada, de nada), eu finalmente consegui fazer a assinatura e quase gritei gol na aula.

Isso importava pra vocês? Não, mas eu quis dizer, o blog é meu e eu falo o que eu quiser u.u Brincadeira.

E adivinha qual a primeira série que eu decidi acompanhar no Netflix? Tchan tchan tchan tchan... Orange is the New Black. Por causa desse vídeo da Kéfera.
E sim, a série é tão foda quanto ela disse que é! MEU DEEEEUS AUFDHDETTH7HGJ5R7SDMNT8D.
Me empolguei. Desculpa.

Caso a Kéfera não tenha te convencido, aí vão 8 motivos pra se viciar em OITNB.

1. Essa abertura:


Nem precisa falar mais nada, né? Lacrou! Até baixei a música (sério, fiquei ouvindo ela por quase uma semana).

2. Temos a Merida! *--*
Sim. Eu e minha incrível maturidade decidimos que a Nicki é legal porque ela parece muito com a Merida.

3. MULAAAAN JKEIGHJ5TIHUY7UY
A Mulan é minha princesa favorita da Disney (hahaha, falando com aquela voz de criança). Ok, a Mulan não é princesa. Ok, a Soso é chata pra caralho e só é salva pela personalidade de ativista. (eu sinceramente não sei como um personagem pode saber tanto sobre tanta coisa e não saber reconhecer quando tá levando uma patada).

5. Comparar o Mendez com as pessoas mais insuportáveis que você conhece:

Mendez é aquele cara arrogante, irritante e filho da puta que você passa o tempo todo torcendo pra se foder e chamando de cavalo.
Mas o prazer tá justamente em falar mal do ditocujo.

6. Observar histórias de amor bobinhas e cute cute que viram em merda:

Eu juro que já não tô mais tão intolerante ao romantismo, mas eu tenho um certo problema com coisas surreais demais. E no começo da série, eu achava a história deles muito boba e frufru, conto da disney, coisa pra criança e menininhas iludidas de 15 anos, etc.

7. Comparar a Caipira da Pensilvânia com aqueles crentes que tentam converter todo mundo:

Eu achei graça nessa desdentada porque ela me lembra aquela gente que discute por causa de religião no Facebook, tentando convencer todo mundo de que "Deus é mais" e que todo mundo naquela área de comentários vai pro inferno se discordar de qualquer coisa que ela disser (e não, ela jamais iria pro inferno. Ela é a reencarnação de Jesus).

8. Altos FlashBacks
O motivo oito podia ser aquela abridinha de olho básica pra quem ainda tem preconceito com LGBT's né, mas deixa pra próxima.
 Não sei por que, mas eu tenho uma puta duma paixão por qualquer série ou filme que tenha aquela overdose louca de Flashbacks, e OITNB é foda! Vai mostrando a história de vários personagens e seus motivos para terem ido pra cadeia, você vai se surpreendendo com cada um deles. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!