Survivor, Clarice Falcão | Cover de Destiny's Child

24 novembro 2015


Faz um tempinho, Clarice Falcão lançou um clipe cover na internet que fez sucesso pra caralho. Confesso que na verdade eu ia falar sobre o clipe Confident, da Demi Lovato, mas eu ia adiando eternamente até que eu fiquei atrasada demais pra falar sobre.
Mas agora posso falar à vontade u.u
Como vocês devem saber, o clipe é um cover de uma antiga girl band chamada Destiny's Child, e toda a grana recebida pela produção será doada para a ONG Think Olga, que aborda assuntos feministas sérios como o assédio e o estupro, entre vários outros.
Caso não tenham visto o original (e provavelmente não viram), aí está:



Confesso que eu não gostei muito do original, achei meio batido e o ritmo é muito repetitivo. É meio raro eu preferir o cover ao clipe original, mas dessa vez eu sou obrigada a dizer: mil vezes Clarice Falcão e sua trupe de mulheres se rebocando com o batom vermelho (o que deu um ar divertido ao clipe).
O ritmo ficou melhor e mais variado, além de eu ter achado bem melhor em versão solo do que com a banda.
Foi legal mostrar várias mulheres de vários jeitos, mostrando que nenhuma é melhor que a outra.
Quanto à letra, eu amei! ♥ Ela mostra um empoderamento feminino fortíssimo, destacando toda a independência feminina e a capacidade de sobreviver aos términos sem se rasgar toda chorando por séculos (porque adivinha só? A mulher tem seus próprios talentos e qualidades, portanto, não precisa da ajuda do homem para viver bem).



Eu sou uma sobrevivente, eu não vou desistir, eu não vou parar, eu vou trabalhar mais duro. Eu sou uma sobrevivente, eu vou chegar lá, eu vou sobreviver e continuar sobrevivendo.

E vocês, o que acham? Preferem o original ou a versão da Clarice Falcão? Comentem =)


2 comentários:

  1. Adorei o o post, não conhecia o clip haha
    Beijos

    http://mysecretworldbells.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito foda esse clipe, o mundo precisa saber ♥ hahaha que bom que gostou do post ^ ^

      Excluir

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!