10 Frases Típicas de um(a) Machista

22 dezembro 2015


Faz um tempinho que eu não falo sobre feminismo e machismo nesse blog, né? Teve até redação do Enem sobre isso e nada de eu comentar alguma coisa aqui (em compensação, no Facebook eu só falava disso por uns dois dias).
Então, pra matar a sede, estou trazendo o assunto de volta à tona com 10 frases típicas de um machista (que eu adoraria nunca precisar ouvir):

1. Você não vai sair com essa roupa, né?
        
Ué, não vejo por que não, gostei do modelo, serviu em mim, fui eu que paguei... e o corpo é meu. O short tá curto demais? Antes isso do que ter uma língua longa demais =)

2. Que feio uma menina dessas falar palavrão...
           
Ah, então quer dizer que o homem pode? Na boa? VAI SE FODER! Até agora não vi nada crescendo no meio das minhas pernas, então acho que a mulher tem o MESMO direito de se expressar livremente.

3. E aí, gostosa? 
         
Cantadas de rua ¬¬ Eu tenho um nojo disso que cês não fazem ideia. Tem noção do que é ouvir isso desde os DOZE anos de idade, quando você deveria estar na infância ainda? Tem noção do que é ter DOZE anos e se assustar com um velho desdentado te dando um olhar malicioso? 
Não vou dizer que as mulheres não reparam em um abdômen sarado ou em um braço musculoso (porque sim, a gente repara e ainda comenta em grupo lendo revistas, falando de conhecidos, ou do Tinder até), a diferença é que a gente não sai na rua berrando "e aí, gostoso, que tal aproximar um pouquinho mais a sua boca da minha?". 

4. Como assim você não sabe cozinhar? Como seu marido vai comer?
          
Bom se ele quer comer, ele que vá e faça a comida dele, ué! Pra mim, saber cozinhar deveria ser um sinal de independência, e só. Não sou mãe de ninguém pra dar papinha na boca, e se o homem quiser ter casa própria, ele vai ter que aprender a cozinhar também, porque nunca se sabe quando vai ficar solteiro.

5. Você é uma menina tão linda, não sei como não tem namorado...
           
Olha, opção até tem, mas não quer dizer que eu seja obrigada a aceitar o primeiro merda que me quiser. Isso não é ser esnobe e não tem a ver com "se dar o respeito", mas um pouco de exigência não faz mal a ninguém. E existem outras coisas na vida para se fazer além de ter namorado, como trabalhar, estudar, viajar, fazer cursos, fazer intercâmbio, sair com as amigas E amigos, sair com a família, brincar com o cachorro, criar um blog (hehehehe), ler um livro, escrever um livro, assistir séries, assistir filmes... as opções são infinitas.

6. Ué, você não quer ter filhos? E o que seu marido pensa disso?
         
Filho, eu sou uma mulher, não um porta-feto, Antes de criar uma vida, eu prefiro aperfeiçoar a MINHA vida. E se nós dois não tivermos condições financeiras de criar o filho? E se um de nós tiver uma doença genética que o filho pode sofrer se vir a ter? E se eu não gostar de crianças ou simplesmente não conseguir me imaginar como mãe? E se um de nós for estéril? Isso deveria interferir na harmonia do casal? 

7. A mulher tem que esperar o HOMEM contar primeiro ~referindo-se à crushs~
             
Na boa? Se eu gosto de um cara e decido que seria bom namorar com ele, eu conto. O não eu já tenho, eu só corro o risco do sim. Quando a essa merda de esperar o cara contar, e se ele não sentir o mesmo? Vou ficar esperando iludida e cheia de incertezas até morrer? Não, né! Talvez a gente não fique junto, mas aí é só seguir em frente, não vou deixar de viver a minha vida porque algumas pessoas acham que isso é coisa de vadia.

8. Você é tão bonita, deveria se arrumar mais.
           
Se eu sou bonita, então porque preciso me arrumar? Nada contra quem gosta, mas como já foi dito antes, o corpo é meu. Não vou desperdiçar meu tempo fazendo maquiagem pra agradar os outros, porque a minha auto estima não depende da aprovação alheia. Ela diz respeito a mim e à minha felicidade. Só. 

9. Você gosta de futebol? Mas isso é coisa de homem!
           
Se é coisa de homem, porque existem times femininos? Na boa, foda-se essa divisão entre "coisa de homem" e "coisa de mulher". Se eu quiser, posso jogar futebol, lutar caratê, gostar de super heróis, gostar de brincar de carrinho e nada disso faz com que eu seja menos mulher. 

10. Senta que nem moça!

Santo cristo, agora não se pode nem sentar confortavelmente e lá vem um bando de gralha berrar como se eu estivesse infringindo uma lei? Acho que você tá precisando de umas férias, né, já que até meu modo de sentar anda te estressando ultimamente...

2 comentários:

  1. Adoreei! Super concordo com a maioria das coisas ditas aqui! #NãoAoMachismo
    Alguém de Valor

    ResponderExcluir
  2. Isso é perfeito pro meu trabalho do colégio. Muito obrigado!

    ResponderExcluir

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!