5 filmes baseados em livros que você vai Amar

19 dezembro 2015



Não sei vocês, mas eu sou cheia de manias em relação á filmes e livros: sempre determino metas na hora de ler (10 páginas no ônibus de ida ao trabalho, 20 páginas no intervalo, e mais 10 no ônibus de volta para casa) e fico levemente agonizada quando algo me impede de cumprir, só empresto meus livros pra quem eu confio (em relação à cuidados, devolução, etc) e nunca assisto o filme se não tiver lido o livro antes.

Alguns livros são são bons que chega a dar saudades quando a gente termina, aí lançam o filme e pra mim, é como se fosse uma extensão para o livro. Mesmo se não for muito fiel, não tiver todas as partes, tiver partes que não tinham no livro ou pior: não aparecer minha cena favorita. Eu me apego à coisas como a trilha sonora, os atores escolhidos e pronto: me apaixonei.
Esses são apenas cinco dos filmes que se encaixam nos critérios acima:


Adoro histórias assim, que nos fazem aprender algo novo. Por algum motivo eu tenho uma certa queda por assuntos relacionados à neurologia, psiquiatria e psicologia, e Para Sempre Alice é um excelente exemplo para quem deseja aprender mais sobre o mal de Alzheimer. Sem falar que as atrizes escolhidas para o filme são ótimas e eu sou chegada num drama hehehehe

Um dos melhores livros que eu já li, transformado em um dos meus filmes favoritos. Quem nunca quis dar um tempo para si mesmo, longe de relacionamentos, não é mesmo? Muita gente por aí, Amanda. Julia Roberts fez um excelente trabalho neste filme, e o melhor de tudo é que a história é baseada em fatos reais (e você vai aprender um pouco de geografia ao ler o livro).

Uma vida cheia de amor, alegria e planos para o futuro interrompida por um acidente que a deixou órfã. Algumas cenas realmente maravilhosas não apareceram no filme, mas não tem problema porque ele ficou perfeito do mesmo jeito. ♥ Queria saber quando vão lançar Para Onde ela Foi, que é a continuação de Se eu Ficar.

Até já fiz uma resenha sobre esse livro no blog (clique aqui para ler), mas vou ter que falar de novo sobre ele, de tão perfeito que achei. Eu simplesmente adoro a Lilly Collins (ela é muito fofa), e achei que ela foi a melhor escolha para o papel da Rosie (tenho a sensação de que nenhuma outra atriz ficaria tão boa nesse papel como ela), e a trilha sonora é tão foda que eu até baixei algumas músicas.

O livro foi indicação de um conhecido meu, só não fiz resenha antes porque não tinha conseguido achar um site decente pra ver o filme e eu tinha/tenho mania de comparar o livro com o filme nas resenhas. Enfim, é sobre uma garotinha judia que tentou esconder o irmão no armário na época do Nazismo para impedir que ele fosse morto, e levou a chave consigo. Ela fugiu do campo de concentração para tentar encontrá-lo, e anos depois, uma jornalista chamada Julia faz uma reportagem sobre a Segunda Guerra Mundial na França e descobre que seu apartamento já foi o lar de uma família judia.

É possível ver alguns desses filmes no Netflix, então, aproveite! =)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!