Alguns Indícios de que você não sabe o que é Feminismo

19 janeiro 2016


Sinto muito, mas estou cansada de ver gente desinformada criticando o feminismo.
Sim, eu sei que nem todos vão concordar com tudo o que eu digo, e sim, todos temos o direito de discordar uns dos outros.

Porém, em uma das questões do Enem de 2015 havia uma frase dizendo "Se a informação não entra, a opinião não sai". Ou pelo menos não deveria sair, né? O mundo está cheio de pessoas criticando movimentos sem conhecê-los de fato. Eles deixam a opinião sair, mas nunca deixam a informação entrar. Porque ser o "decidido que não muda de opinião tão fácil" é sempre mais importante do que aprender algo novo.
Tenho uma novidade pra você: talvez esse seu "decidido" seja apenas um sinônimo para ignorante. Sinto muito, mas odiar as feministas sem abrir a mente para o assunto não vai fazer do mundo um lugar melhor.

Não, você não vai conseguir convencer uma feminista a "mudar de time". Mas não por ela ser ignorante, e sim, porque ela entende e conhece o movimento pelo qual ela luta, e o melhor que ela pode fazer é aprender mais sobre isso para lutar do modo certo. Mas largar, nunca.
E se você acha que não é machista nem feminista, bem... vá ler um pouco, porque só existem esses dois lados.

Acha que as feministas são doidas? Acha que é feminista, mas algumas pessoas dizem que você é equivocada? 
Vamos fazer o teste, então. 
Quais são os indícios de que você não sabe do que está falando?

Se você é a favor de respeitar a privacidade da mulher, você é feminista =)

1. Você chama as feministas de "feminazis":
Você já leu sobre o nazismo? Já teve aula de história? No nazismo, as pessoas eram obrigadas a odiar e maltratar os judeus. "Ah, mas as feministas odeiam os homens". Não, elas odeiam o machismo. Elas odeiam ser inferiorizadas, odeiam ficar presas em uma cozinha sem poder trabalhar. Odeiam ser obrigadas a transar pra provar que gostam do namoradinho, odeiam ter que evitar certas peças de roupa para se "proteger". Odeiam levar cantadas na rua, odeiam ser obrigadas a manter um certo padrão de corpo perfeito. Odeiam ter que se maquiar para agradar os outros, mas nunca a si mesmas.
Mas a solução não é aniquilar os homens, e sim, adquirir direitos iguais. Evoluir. Mudar de opinião.
Melhorar a sociedade. 

2. Você usa o Alistamento Obrigatório como argumento:
Não são as feministas que te obrigam a se alistar no exército para proteger o país como o "homem forte" que você deve ser. São os homens. São os machistas. Direitos iguais significa não precisar se alistar. As feministas lutam por várias causas igualitárias que fariam do mundo um lugar melhor, e não seria um problema lutar por mais uma. Mas você precisa compreender a luta e se unir à ela em vez de se opor. Não adianta querer algo e ficar chorando feito um bebê desmamado, o negócio é correr atrás como as mulheres correram há um século atrás e continuam correndo.

3. Você diz que não deve nada ao feminismo, pois "corre atrás do que quer em vez de fazer mi mi mi':
Filha, há um tempo atrás as mulheres sequer tinham o direito de trabalhar ou estudar. Mulheres eram queimadas na fogueira na Idade Média, pois ler e estudar era crime. Você só consegue "correr atrás do que quer em vez de fazer mimimi" porque no século passado, as mulheres trabalharam em uma revolução. E continuam tentando aprimorá-la, então sim, você deve algo ao feminismo. Você deve sua vida ao feminismo, a não ser que goste de ser escrava do seu marido.

4. Você acha que pra ser feminista, qualquer tipo de cosmético deve ser extinto:
Não há nada de errado em se arrumar de vez em quando, afinal, os homens também fazem isso. O erro está em fazer isso para agradar qualquer pessoa que não seja você mesma. Está em achar que o único jeito de ser bonita é estando com quilos de massa corrida na cara. Está em achar que a única qualidade que uma mulher pode ter, é estar apresentável. 
Quer se maquiar? Vai nessa, mas faça isso por você, quando der vontade, e não pelos outros. E não se esqueça de que sem maquiagem, você fica linda também. E se não ficar, foda-se: você não é obrigada.


5. Você acha que as feministas estão atrás de privilégios:
As feministas estão atrás de direitos iguais, só isso. "Ah, mas as mulheres se aposentam mais cedo que os homens", "Ah, mas as mulheres sempre trabalham menos pesado que os homens", "Ah, mas as mulheres ganham uma licença maternidade mais longa do que os homens".
Sobre se aposentar mais cedo: não faz sentido mesmo, é desnecessário mesmo, mas isso não vai mudar se você ficar se opondo ao feminismo. Se unir à ele e propor suas ideias com calma provavelmente vai ser mais produtivo.
Sobre as mulheres trabalharem menos pesado que os homens (em mercado, por exemplo): segundo a própria biologia, as mulheres possuem uma força física menor do que a dos homens (em sua maioria). Nota-se que nossos bíceps são bem menores, então precisamos de uma carga menor para que o serviço fique justo para todos. Vocês ficam cansados por puxar um pallet enorme? Bom, muitas de nós nem conseguimos sair do lugar, e se saímos, chegamos em casa com as costas quebradas, simplesmente porque o nosso corpo dificilmente se adaptará a esse tipo de atividade.
Sobre as mulheres ganharem uma licença maternidade maior do que a dos homens: Não estamos tirando férias, estamos nos recuperando e cuidado da vida que colocamos no mundo. Caso não saibam, a nossa vagina não é tão grande, e o bebê é bem maior do que ela. Imagina ser rasgada ao meio para que ele venha ao mundo? Não é a toa que as mulheres berram daquele jeito na hora do parto. Então, se o homem for receber o mesmo tempo de licença maternidade, que seja para cuidar da criança, trocar as fraldas, levantar no meio da madrugada também para descobrir o motivo do choro. E não leve isso como "ajudar" em casa. Você também transou, o filho é seu também, então é sua obrigação cuidar dele.

6. Você diz que não é feminista nem machista, é humanista:
Machismo: Política que coloca o homem como "patrão" da mulher, tornando-a inferior e obrigada a cumprir o seu "papel na sociedade".
Feminismo: Movimento iniciado pelas mulheres à procura de direitos iguais.
Humanismo: Termo renascentista que colocava o homem como o centro do universo, independente de qualquer doutrina religiosa (caso não saibam como foi o renascimento, ele foi o início de qualquer estudo intelectual do ser humano, fazendo com que as pessoas enxergassem que a terra girava ao redor do sol e não de Deus, por exemplo). Ou seja: não tem nada a ver com superioridade ou igualdade de gênero.
Ou seja: talvez você seja mesmo humanista, mas isso não significa que você se oponha ao machismo ou ao feminismo. Mais pesquisa, please?

7. Você acha que a mulher não deveria se depilar:
Cada um faz o que quiser com o próprio corpo. Ela não deve se depilar se não quiser, mas se ela prefere andar com a "maricota" pelada, ela anda. Existem homens que preferem se depilar, também. Julgar uma mulher por estar peluda é errado, depilação dói (bem mais para a mulher do que para o homem), pagar pra sentir dor contra a própria vontade só pra segurar namoro é estupidez e falta de amor próprio, mas achar que a mulher deve se manter peluda sendo que ela prefere ter a pele lisinha  mesmo quando está solteira também não está certo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!