Wishlist | Fiquei Pobre

14 maio 2016



Há um certo tempo eu achava ridículo postar wishlists, sou dessas que pensa: "Você quer? então cresça, amadureça, arrume um trabalho e vá comprar, você já é meio grandinho(a) pra pedir presente pros outros".
Mas eu cheguei numa fase em que eu tenho tanta coisa pra pagar todo mês que não só não sobra nada ou quase nada pra mim, como também dá até medo de não conseguir pagar tudo (principalmente por causa da fatura do cartão de crédito e do meu salário irregular).

Pedir coisa pros outros continua sendo inaceitável, aceitar também é constrangedor. Mas compartilhar as coisas que doem na minha alma por não poder comprar não mata, né? rs
Além do mais, é um jeito de vocês me conheceram melhor, e também de quem sabe, acrescentarem mais um livro na lista das próximas leituras. ;) Sem falar que meu aniversário é no mês que vem e eu amo receber livros de presente, quê??? Mentira, gente, quando eu quero eu espero até poder comprar, que absurdo, eu hein... 
Enfim, esses são os livros que eu amaria poder ler, quem sabe eu encontro na biblioteca pública?
1. Só por Hoje e Para Sempre - Diário de Recomeço, Renato Russo. Em 1993, Renato Russo foi internado em uma clínica de reabilitação para dependentes químicos no Rio de Janeiro. Parte do tratamento era escrever um diário, e graças ao fato de que ele queria publicá-lo posteriormente, o tal diário veio à tona depois de todos esses anos.
Eu simplesmente amo as músicas do Renato Russo, algumas motivadoras, outras mais depressivas, e outras mais protestantes, mas todas viciantes. É uma pena que ele tenha morrido quando eu tinha um aninho, porque eu adoraria ser da época de artistas como ele. R$17,45 - Livraria Cultura

2. Depois de Você, Jojo Moyes. Infelizmente vou ter que dar um spoiler fatal de Como Eu Era Antes de Você: Will Trainor morre no final. Em Depois de Você, Louise ainda não superou a morte dele, fez a pinguça e caiu do terraço. Por causa do acidente, ela teve que sair de seu flat em Londres e voltar para a casa de seus pais, onde ela conhece um crush novo. 
O primeiro livro superou e muito as minhas expectativas. Eu esperava que fosse um livro clichê, falando sobre uma garota que não acreditava no amor mas acabou abrindo seu coração por causa do príncipe encantado, ou de uma garota que era toda alegrinha e acaba ficando sombria depois de se decepcionar com um babaca. Mas não, é mais que isso (bem mais). Antes desse livro eu nunca havia ouvido falar na Dignitas ou em suicídio assistido, agora eu tô até considerando a opção =P hehehe brincadeira, o fato é que eu achei interessante a história, e confesso que esperava que o Will sobrevivesse, mas acabei aceitando o final porque é mais realista. Mostra que não importa o quanto nos esforcemos para motivar alguém, às vezes não é o suficiente: não depende só de nós. E ainda toca em outro assunto polêmico: assédio sexual e a culpabilização da vítima. 
O livro foi tão bom que eu não espero menos do segundo (o que me faz correr o risco de ficar decepcionada). R$28,90 - Americanas

3. Crianças Francesas Não Fazem Manha, Pamela Druckerman. Ao se mudar para Paris, uma jornalista americana fica impressionada com a calma e educação das crianças francesas, e decide descobrir como elas são educadas para que fiquem tão angelicais. 
Esse livro me deixa muito curiosa. Não quero reclamar do meu trabalho em um post que eu preciso divulgar pra fazer o blog crescer, mas eu trabalho em comércio e volta e meia tem um capetinha berrando pra ganhar alguma coisa que a mãe não pode ou não quis comprar. Eu até disfarço pra não pegar mal, mas eu fico extremamente puta com isso no fundo e não sei qual é a dos pais que se amolecem e acabam dando o que o filho quer. Enfim, eu penso no que eu faria caso meu filho fizesse uma merda dessas, e chego à conclusão de que eu deixaria ele 1 mês sem as coisas que ele gosta (tv, videogame, internet, etc), isso sem falar nos tapas que ele ia levar quando chegasse em casa. Mas o que fazer pra criança simplesmente não chegar a esse ponto? Hmmm... R$32,90- Livraria Cultura

4. Desvendando os Segredos da Linguagem Corporal, Allan e Barbara Pease. Nesse livro, o casal desvenda o quanto nosso corpo entrega o que estamos pensando ou sentindo. Cruzar os braços, cruzar as pernas, coçar o nariz, e até mesmo o ponto aleatório para o qual você olha quando está pensando em alguma coisa podem dizer mais do que você pensa.
O livro tem alguns conceitos meio machistas, como dizer que a mulher possui o papel de pacifista em uma relação, por exemplo (e nós sabemos que nem sempre é assim), mas em muitas partes é verdadeiro. Se você se policiar quando fizer esses gestos e notar o que você está sentindo, vai acabar se identificando com o que eles dizem.
Na verdade eu já li esse livro porque peguei emprestado de uma pessoa, mas não tem como memorizar tudo lendo apenas uma vez e eu adoraria ter ele para mim, para reler quando eu bem entender. R$11,99 - Saraiva

5. O Capital, Renato Kaufmann. Em O Capital, Marx fala sobre as desigualdades sociais que aumentaram na época da Revolução Industrial, criticando o capitalismo e a forma abusiva de trabalho dos funcionários nas indústrias. Renato cria uma versão mangá para esse livro.
Não, eu não sou socialista nem comunista. Sou totalmente a favor do capitalismo, apenas gostaria de aprender um pouco mais sobre sociologia e história. Para ser sincera, eu queria ler o livro do Karl mesmo, mas fui meio burra em pesquisar apenas a imagem de capa sem checar para ter certeza de que era o que eu queria. Quando eu terminei a montagem e fui pesquisar lojas online, percebi que era o livro errado e fiquei com preguiça de arrumar. Talvez a versão em mangá não seja tão ruim, hehehe. R$15,32 - Eba Livros!

6. O Capital no Século XI, Thomas Piketty. Com mais de quinze anos estudando e pesquisando sobre a concentração de riqueza e aumento da desigualdade social, Piketty escreve esse livro embasado na teoria Marxista na época da Revolução Industrial.
Apesar de eu não ser conta o capitalismo, eu sei o quanto o mau uso dele costuma causar divergências, então é sempre bom ler um livro atual cujo autor é entendedor do assunto, mesmo se não formos a favor do mesmo sistema que ele. R$37,70 - Amazon

7. A Coroa, Kiera Cass, saga A Seleção, Em A Herdeira, Eadlyn não queria participar da seleção pois não só achava que jamais conseguiria escolher um dos 35 caras dentro do prazo, como também acreditava que o amor enfraquecia as pessoas. Porém, ninguém consegue lutar contra a paixão pra sempre, e com ela não foi diferente. Em A Coroa, ela finalmente decide quem será o crush a governar ao lado dela.
A Seleção é uma saga que me impressionou bastante. Eu achava que não passava de uma história de princesinhas, mas mostrou toda uma revolução envolvendo miséria, castas, rebeldes, guerra... a partir de A Herdeira a saga se torna no que eu pensei que ela seria: coisa de princesinha. Porém, adoro personagens com personalidade forte, como a de Eadlyn, e por mais clichê que pareça, torço muito para que ela escolha o Kyle. R$32,90 - Livraria da Travessa

8. Para Todos os Garotos que Já Amei, Jenny Han. A anta Lara resolveu guardar todas as cartas de amor que ela escreveu para os cinco garotos que ela já amou, mas que nunca enviou. Cartas extremamente sinceras, falando sobre o que ela realmente sentia (pelo visto, como um diário). Um dia, essas cartas são enviadas misteriosamente aos destinatários e a trouxa foi obrigada a lidar com isso.
Me impressionei com vários livros que pareciam ser histórias bobas e se mostraram mais do que isso, e essa me parece uma daquelas histórias bobas que não me fariam mudar de ideia. Mesmo assim eu quero ler porque no fundo eu até que gosto um pouco disso, hehehehe. R$26,20 - Saraiva

9. P.S.Eu Ainda Amo Você, Jenny Han. É a continuação de Para Todos os Garotos que já amei, cujo resumo tem spoiler do primeiro livro. Não curti passar por isso e não vou fazer a mesma coisa com vocês, então só vou dizer que quero ler e pronto. R$23,56 - Americanas

10. Ansiedade - Como Enfrentar o Mal do Século, Augusto Cury. Um livro perfeito pra quem sofre por antecipação, esquece as coisas com facilidade, tem aquele tique nervoso toda vez que precisa esperar algo por muito tempo, etc. Segundo Cury, isso significa que você sofre da síndrome de pensamento acelerado (SPA).
Eu acho meio exagerado dizer que isso é o mal do século, mas sempre gostei de assuntos que abordem psicologia, neurologia, e coisas do tipo, fora que eu sou meio nervosinha então talvez seja bom aprender algo sobre isso. R$11,90 - Saraiva

11. A Hospedeira, Stephenie Meyer, O Planeta foi invadido por um inimigo, mas ninguém sabe quem ele é. As mentes dos seres humanos foram extraídas para que seu corpo hospede a alma dos invasores.
Quando Melanie é capturada ela fica desesperada (óbvio, né, quem não ficaria?). Peregrina, a invasora, foi avisada sobre o que ela teria que aguentar no corpo de um ser humano: as emoções, as sensações, as lembranças e memórias que persistem em aparecer. E tem mais: Melanie se recusou a abrir mão de sua mente.
Peregrina acaba conhecendo os pensamentos de Melanie para entender melhor a resistência dos humanos, e enquanto isso, Melanie acaba ocupando a mente da invasora com as memórias do homem que ama, Jared, o que faz com que ela passe a amá-lo também.
Esses pensamentos as unem e elas decidem partir em uma busca atrás do tal cara (não vou falar crush porque já seria a terceira vez que eu digo isso no post, tá repetitivo já).
Faz um bom tempo que eu quero ler esse livro porque a minha melhor amiga disse que adorava, mas como ela mora longe, não tem como emprestar. Eu não sabia (ou não lembrava) que era da Stephenie Meyer, mas o enredo dá a entender que isso é bem melhor que Crepúsculo. Eu só não sei se acredito que essa história de duas garotas se unirem pra encontrar o cara que ambas amam possa dar certo, porque né, isso costuma causar problemas. R$37,70 - Livraria da Folha

12. No Seu Olhar, Nicholas Sparks,  Melanie é uma advogada inteligente, bonita e competente, filha de imigrantes mexicanos, que aprendeu desde cedo a importância de trabalhar arduamente. Porém, um trauma fez com que ela questionasse tudo o que ela acreditava e voltar para sua cidade natal.
Nessa mesma cidade, Colin procura por um recomeço: ele teve uma infância difícil, cheia de violência e abandono, e durante a vida, também cometeu seus erros e se arrependeu de mágoas que causou. Nessa cidade ele quer começar do zero e virar professor, para dar às crianças a atenção e o carinho que ele não teve.
Colin e Maria não combinam, mas um encontro casual durante uma tempestade os aproxima, fazendo-os enfrentar as diferenças e questionar seus princípios. Ao abrir mão dos pré-julgamentos, eles percebem que ainda podem amar. 
Porém, nessa busca por uma vida nova, ocorrem vários incidentes suspeitos que traz de volta sofrimentos antigos, ameaçando a relação deles e trazendo um perigo real, fazendo com que eles precisem lutar para que o amor sobreviva.
Gente do céu, quanto tempo fazia que o Nicholas Sparks não publicava um livro novo? Parecia que faziam séculos, mas foi em 2013. Três anos sem escrever? O que houve? Enfim, agora ele voltou com esse livro foda, com tempestade, perigo, gente lutando pra ficar junto... bem a cara do autor escrever histórias assim, mas tudo bem, porque eu amo um bom drama. R$23,18 - Submarino

13. A Garota que Você Deixou pra Trás, Jojo Moyes. Na Segunda Guerra Mundial, Sophie é separada de seu marido pintor para que o mesmo lute no Front. Vivendo com seus irmãos e sobrinhos em uma cidade tomada pelos soldados alemães, a única lembrança que ela tem dele é um retrato dela pintado por seu marido. O quadro acaba chamando atenção do novo comandante alemão, ela arrisca tudo para rever seu marido.
Mais ou menos um século depois, uma viúva chamada Liv que mora sozinha em uma casa moderna com paredes de vidro. Ela possui o retrato de uma jovem linda, que foi a última coisa que seu marido a deu antes de morrer. Quando ela finalmente decide retomar a vida, ela encontra alguém que acaba revelando a verdadeira história daquele quadro, e ao descobrir isso, sua vida se bagunça novamente.
Fiquei curiosa sobre esse livro quando estava pesquisando os outros da wishlist nas lojas virtuais, e vi que o resumo me lembra um pouco A Última Carta de Amor, por reunir duas histórias com um único objeto, com a diferença é que dessa vez, o objeto é um quadro em vez de correspondências antigas. Bom, o resumo não diz que as histórias serão unidas e que o quadro que Liv achou é aquele que Sophia tinha, mas fala sério, isso tá meio óbvio, né? Não é ruim o suficiente pra eu deixar de ler porque eu gosto de tramas dramáticas, e acabo me sentindo ainda mais atraída quando tem a Segunda Guerra no meio, mas isso tá ficando meio repetitivo para a autora. R$26,20 - Saraiva
Bom, esses são os livros que eu queria ler. Claro que faltaram alguns (vários) na lista, até porque se eu botasse todos eu teria que fazer mais de dez posts, mas acredito que esses valham a pena. Alguns inclusive, são bem baratinhos como vocês viram, então se alguém tiver ficado com vontade de ler também e não estiver tão fodido quanto eu (a ponto de não poder gastar nem 11 reais), já dá pra comprar, né? ;)

2 comentários:

  1. Minha wishlist tem mais de 100 livros e eu tenho um total de 0 reais! Essa vida está muito difícil, quero quase todos dessa lista! Amei seu blog e estou seguido ♥
    Beijo grande,
    Café, Vodka e Literatura

    ResponderExcluir

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!