Agora é o Biel ¬¬

07 junho 2016


Eu poderia dizer que estou de saco cheio da internet, mas seria mentira. O problema são as pessoas. Antes de falar sobre a polêmica do MC Bostel, vou apenas LINKAR a matéria mais recente sobre o caso da garota que foi estuprada por 33 homens.
Um dos estupradores havia "quebrado" o celular, mas os investigadores encontraram, e agora está totalmente comprovado: foi estupro. >> Clique aqui para ver a matéria <<
Não vou nem falar mais nada sobre o assunto, porque sinceramente? Eu tô cansada, e com vontade de socar o próximo que disser que era orgia.
Isso não é apenas falta de educação, é falta de caráter, falta de empatia. Eu vi mulheres falando que era orgia. Eu vi colegas de curso falando que era orgia. Será que elas não sabem a realidade em que vivem? Querida, hoje você fala da vítima, mas amanhã a vítima pode ser você!
Sabe aquela parada escura próxima do seu trabalho, onde a polícia quase nunca passa e às vezes você acaba ficando sozinha, esperando o ônibus? Aguarde.
E eu não estou brincando.


Agora vamos falar sobre o MC Bostel (esse sim deveria ser o nome artístico dele). 
Chamar uma repórter de gostosinha em meio a uma reportagem (clique aqui pra ver mais detalhes), onde ela estava fazendo o trabalho dela? Desmentir a história, dizendo que era só brincadeira?
Dizem que ele é parecido com o Justin. E realmente, ele é tão bosta quanto.
Peço desculpas às beliebers, mas já vi foto do Justin dando aquele "abraço" na Ariana Grande, sendo que ela tinha namorado. 
Bieber se engraça com garotas comprometidas (apesar de ela não ser tão santa, pois não mostrou nenhum desgosto). 
Biel assedia a repórter que o estava entrevistando. 
Farinha do mesmo saco, meus parabéns ao funkeirinho.
Acho bom ele não parar de malhar, porque:

1) Ele não canta nada.
2) Ele só fala merda.

Daqui a uns dois anos algumas pessoas vão se lembrar dele como uma modinha que já passou, enquanto outras estarão sofrendo com seja lá qual for a moda do funk que estiver bombando em 2018.

Sei que nesse post eu xinguei demais e argumentei de menos, mas como eu disse antes, eu tô cansada.
É foda você fazer um textão enorme sobre culpabilização da vítima, sair de casa cedo, chegar no curso, e ouvir seus coleguinhas falando que a garota que foi estuprada gostou.
É foda entrar nessas matérias (não apenas a do estupro e do Biel, mas também de outros casos) e ler comentários ridículos defendendo o culpado, zoando a vítima e ainda dizendo que ela mereceu seja lá o que for.

Pra não dizer que esse post foi perda de tempo, vou apelar para o vídeo do Felipe Neto sobre o assunto. Não tem uma palavra dita por ele que eu não concorde. Sem falar que ver um homem entendendo a questão do assédio, se colocando no nosso lugar, é como receber um abraço, sabe? É como se alguém dissesse: "calma, eu sei que muita gente ao seu redor tá falando merda encima de merda, mas tem gente que presta, relaxa".


Me senti abraçada, consolada e defendida, rs. Quinta feira é meu aniversário gente, preciso estar descansada u.u 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

E então, o que achou do post? Gostou? Odiou? Achou uma bosta e tá a fim de me mandar pra puta que pariu, e dizer que eu sou uma escrota? Fala aí!